Sobre BASE

POR QUE BASE?

As comunidades no sul global estão na linha de frente dos impactos da mudança climática e, ao mesmo tempo, desempenham um papel crucial na preservação do conhecimento tradicional e na geração de soluções inovadoras para reduzir as emissões e desenvolver a resiliência. No entanto, apesar da sua importância, os projetos liderados localmente enfrentaram desafios importantes para ter acesso ao financiamento climático. Um desses obstáculos implica o requisito de desenvolver uma “justificativa climática”. Uma justificativa climática se refere à narrativa e à evidência coletada para demonstrar que um projeto tem como objetivo reduzir as emissões de gases de efeito estufa e os impactos da mudança climática, e que será adequado para um clima cambiante. Quase sempre, justificar em que medida uma proposta abordará de forma eficaz a mudança climática requer muitos estudos e consome muito tempo e recursos, o que se torna um obstáculo para que o financiamento chegue de maneira rápida e eficaz a quem mais o necessita para impulsionar a transição.  

Para abordar o desafio da justificativa climática, foi lançada BASE (Building Approaches to fund local Solutions with climate Evidence) para promover um maior e melhor acesso ao financiamento climático para as comunidades locais ao testar abordagens alternativas para desenvolver a justificativa climática dos projetos de forma eficiente, simples e que repercuta nas comunidades. Esta é uma iniciativa colaborativa coordenada pela Fundación Avina, como parte do seu Programa de Resiliência e Transição Climática, e integrada por diversos parceiros e iniciativas alinhadas.

QUAL É O OBJETIVO DA INICIATIVA BASE?

O principal objetivo da iniciativa BASE é gerar evidências, através da implementação de diversos esquemas de financiamento, sobre como o desenvolvimento da justificativa climática dos projetos pode ser simplificado e servir como uma prova de conceito de abordagens alternativas, lideradas pela comunidade, para que esse tipo de financiamento possa ser enquadrado como “financiamento climático” e, em seguida, aproveitar as lições aprendidas para advogar no cenário de financiamento climático. Cada esquema (ou via) de financiamento será um apelo específico para “testar” uma abordagem específica para desenvolver uma justificativa climática, que também pode variar no foco em diferentes setores ou áreas.  

BASE aborda o desafio da justificativa climática de forma pragmática e com vista à mudança sistêmica, convocando organizações locais, financiadores, organizações de conhecimento e intermediários para desenvolver soluções através de uma estratégia baseada em três pilares: FINANCIAR, APRENDER E ESCALAR.

A via de financiamento de BASE implementará ações concretas para combater a crise climática (incluindo mitigação, adaptação e perdas e danos) e explicar novas abordagens para desenvolver a justificativa climática dos projetos. BASE contribuirá de maneira concreta para o panorama do financiamento climático para a necessidade de racionalizar o desenvolvimento de uma justificativa climática sólida que possa ajudar a distinguir um projeto climático de iniciativas ambientais ou de desenvolvimento. Esta diferenciação pode servir como evidência do impacto do financiamento e para garantir a prestação de contas na abordagem deste desafio global urgente.

Parceiros e Iniciativas Alinhadas de BASE

Atualmente, BASE é coordenada por Fundación Avina e composta por uma série de parceiros, incluindo:

Organização global dedicada a impulsionar mudanças sistêmicas no hemisfério sul, enfatizando esforços colaborativos que promovem a dignidade humana e o cuidado com o planeta.

Pioneira no estudo de risco florestal do mundo, aproveitando a ciência, a tecnologia, o empreendedorismo e o conhecimento nativo para criar empreendimentos inovadores.

Líder em inovação no financiamento da conservação para apoiar florestas saudáveis, agricultura sustentável, água potável, ação climática, biodiversidade e comunidades resilientes.

Organização que reúne organizações da sociedade civil e instituições acadêmicas para promover a transparência, a prestação de contas, os direitos humanos, a igualdade de gênero e a sustentabilidade para a construção de uma arquitetura financeira que combate as mudanças climáticas.

Organização internacional de desenvolvimento guiada por valores humanistas, dedicada a criar sociedades justas, inclusivas e sustentáveis, com acesso igualitário a oportunidades, direitos e recursos.

Um fundo liderado por povos indígenas que apoia iniciativas que protegem o conhecimento tradicional, o bem-estar, os direitos e o desenvolvimento autodeterminado.

Organização que facilita a colaboração entre diversas partes interessadas para impulsionar mudanças sistêmicas e enfrentar desafios sociais complexos.

Catalizadores de mudanças sociais transformadoras ao investirem, conectarem e defenderem empreendedores sociais e inovadores que abordam questões globais urgentes.

Organização que apoia o desenvolvimento institucional global da Universidade da ONU, promove a colaboração dentro da Universidade da ONU e das Nações Unidas e compartilha conhecimento e experiência por meio de atividades e projetos conjuntos.

Uma coligação global dedicada à investigação de adaptação orientada para a ação que reduz os riscos climáticos à escala exigida pela ciência.

União de diversas organizações da sociedade civil para amplificar as vozes globais e locais sobre a ação climática.

Aliança comprometida em melhorar o conhecimento e a capacidade de ação climática nos países em desenvolvimento, promovendo a cooperação sul-sul para fortalecer os compromissos com o Acordo de Paris.

BAIXAR NOTA
CONCEITUAL DE BASE